Responda todas as perguntas

Responda as quatro perguntas para saber se você está cuidando bem da sua pele.
Não se esqueça de verificar o resultado na parte inferior da página. Ele aparecerá assim que você escolher as alternativas.

Seu dia em 360º

Como sua rotina Influencia na saúde da sua pele?

Com o dia a dia cheio de tarefas, é importante reservar um tempo para cuidar de você. Especialmente da sua pele, já que ela é o principal ponto de contato com componentes negativos, como o excesso da poluição, do sol, da má alimentação, entre outros fatores, que causam ou pioram a acne.
Confira dicas úteis que podem ser usadas ao longo das 24 horas do seu dia.

Responda as quatro perguntas para saber se você está cuidando bem da sua pele. Não se esqueça de verificar o resultado na parte inferior da página. Ele aparecerá assim que você escolher as alternativas.

DESPERTANDO

COMO TRATAR A PELE AO LONGO DO DIA

Q1 Quantas vezes você toca seu rosto?

Toque seu rosto o menos possível para não transferir sujeira e evitar alta oleosidade. Lave duas vezes ao dia, ou após transpirar, com uma loção adstringente suave e de pH adequado. É importante limpá-lo antes de aplicar o produto para tratar a acne, como é o caso de Azelan®, para que haja melhor absorção. Não esprema espinhas, você pode retardar a cicatrização e deixar manchas. Tente não cutucar a área afetada, pois novas espinhas podem surgir(1, 2).

A CAMINHO DO
TRABALHO

NO TRABALHO

O ar-condicionado pode prejudicar sua pele, aumentando o ressecamento ou a oleosidade. Mantenha um frasco de hidratante livre de óleo em sua mesa e aplique-o no momento que precisar de hidratação(4).

ALIMENTAÇÃO

Q2 O que você costuma comer?

Alimentos com alto índice glicêmico, como açúcar, batata e arroz, massas com farinha de trigo, como pães, macarrão, biscoitos, além de derivados do leite, quando consumidos em excesso não fazem bem para a saúde em geral e também podem prejudicar a pele. O aumento de gordura na dieta pode favorecer o aparecimento da acne. Durante as refeições, prefira alimentos ricos em fibras, além de vegetais, legumes, frutas, castanhas e peixes, pois estes possuem propriedades que auxiliam na saúde da pele(5, 6). Saiba mais aqui.

ESTRESSE

As glândulas sebáceas possuem ligações com o sistema nervoso, ou seja, o bem-estar emocional, a autoestima ou o seu nível de estresse podem influenciar na produção de sebo, potencializando o aparecimento de acnes e espinhas. Este estado nervoso também estimula citocinas pró-inflamatórias. Especialistas apontam que 71% das mulheres adultas com acne identificaram o estresse como uma das causas de piora do estado das espinhas. Exercícios regulares, que te estimulem a se desligar da correria, como ioga e meditação, são boas alternativas(7, 8).

EXERCÍCIOS FÍSICOS

Q3 Você se exercita quantas vezes por semana?

Especialistas orientam que a prática de exercícios físicos por, pelo menos, 30 minutos por dia ajuda na manutenção da saúde e do bem-estar. Mas para você, que tem acne e é adepta da malhação, é importante lavar o rosto após essa atividade já que o suor ajuda a acumular oleosidade e impurezas do ar na pele. Nessa limpeza, utilize uma loção adstringente suave e sabonete de pH adequado(9, 10, 11).

BEBIDAS

MAKE UP

Com o clima tropical predominando, quem já não se aventurou em inúmeros testes com maquiagem para disfarçar o brilho da pele oleosa, acne e cicatrizes das espinhas? Grande quantidade de produtos que têm óleo como base bloqueiam poros, causando e piorando espinhas. Opte por maquiagens não comedogênicas (livres de óleo) e aproveite para experimentar cores, texturas em gel, formas e tendências. Prefira pincéis ao invés da mão, mas higienize as cerdas. Lembre-se, antes de se maquiar limpe a pele com tônico adstringente para tirar oleosidade e impurezas da face, além de passar um hidratante oil-free se achar necessário(16).

CUIDADOS NOTURNOS COM A PELE

Q4 Como você limpa o rosto antes de dormir?

Dormir com maquiagem obstrui os poros e pode causar erupções de espinhas e cravos, principalmente no rosto com pele mista e oleosa, além de impedir a reconstituição da sua pele enquanto dorme. Remova a maquiagem com produto que não leva álcool na composição, pois este pode piorar a acne. Para isso, use demaquilante apropriado e sabonete de pH adequado(12).

HORA DE DORMIR

RELAXE E DESCONTRAIA

Além da falta de concentração e irritação, a falta de sono pode desencadear espinhas. Uma alternativa para garantir boa noite de descanso é incluir, em um difusor, gotas de óleos essenciais como de lavanda e melissa que ajudam a pegar no sono(17,18).

VÁ EM FRENTE E ESCOLHA SUAS RESPOSTAS

Responda todas as questões

Cuide mais de sua pele!

Você está cuidando bem de sua pele!

Você é um expert no cuidado à pele!

Nós o deixaremos a par sobre o quão bem você está cuidando de sua pele.

Nós o deixaremos a par sobre o quão bem você está cuidando de sua pele.

Nós sabemos que quando a vida é agitada, pode ser difícil encontrar tempo para cuidar bem de nossa pele. Mas com um pouco mais de cuidado você estará no caminho para uma pele bonita e saudável. Boa sorte e aproveite!

Muito bem! Você já está fazendo grandes coisas para proteger e nutrir sua pele. Mas, sempre podemos fazer um pouco mais. Por que não ter um tempo para si mesma para pensar sobre sua rotina diária? Tente pensar sobre algumas coisas que você poderia fazer para cuidar um pouco mais da sua pele.

Você está cuidando muito bem da sua pele. Parabéns! Continue assim para desfrutar de uma pele bonita e saudável e durante os próximos anos.

CHECKLIST - DICAS EXTRAS PARA MANTER UMA PELE SAUDÁVEL

Suplementos alimentares

Para acelerar o ganho muscular, algumas pessoas consomem whey protein, proteína derivada do soro do leite. A composição pode causar espinhas ou piorar seu grau de inflamação ao estimular a secreção das glândulas sebáceas. É o que constata um artigo de dermatologistas ao mostrar estudo aplicado em 30 participantes que consumiam este suplemento. Após dois meses de uso, todas apresentaram acne com inflamação alta ou com piora de quadro já existente(19).

Fumar

Mesmo sendo responsável por acne de grau mais leve, a nicotina estimula a produção de gordura e consequentemente aumenta a presença da espinha nas mulheres adultas(20).

Acne na gestação

O problema pode aparecer em mulheres grávidas ou no período de amamentação, devido à grande alteração hormonal no corpo feminino. Como qualquer tratamento durante a gravidez, o tratamento da acne deve ser discutido e orientado pelo médico da paciente.

Azelan® também é eficiente no combate aos cravos

Em mulheres adultas, eles aparecem em menor quantidade ou são pouco visíveis. Após dois meses de tratamento com Azelan®, 50% dos cravos e 55% das espinhas foram reduzidos. E em seis meses essa melhora aumentou em 80% e 90%, respectivamente. Uma das ações de Azelan®, a anticomedogênica, reforça o combate aos cravos, também conhecidos como comedões, justamente por não obstruir os poros(22).

Use uma quantidade uniforme de Azelan®

Aplique, duas vezes ao dia, uma quantidade uniforme de Azelan® para tratar a acne.

VEJA MAIS DICAS

Referências

  1. AMERICAN Academy of Dermatology. Acne: tips for managing. Disponível em: <https://www.aad.org/public/diseases/acne-and-rosacea/acne#tips> Acesso em: 27/10/2016.
  2. Azelan® - Bula.
  3. JACKSON-CANNADY, A. 10 Lifestyle Steps to Help Your Acne. Disponível em: <http://www.webmd.com/skin-problems-and-treatments/acne/features/lifestyle> Acesso em 27/10/2016.
  4. HEALTHWISE. Dry Skin and Itching – Cause. Disponível em: <http://www.webmd.com/beauty/skin/dry-skin-and-itching-description> Acesso em 27/10/2016.
  5. SPENCER, E.H. et al. Diet and acne: a review of the evidence. Int J Dermatol. v.48, p.339-47, 2009.
  6. ASSOCIAÇÃO Brasileira de Nutrologia. Guia de Nutrição. Disponível em: <http://www.alimentacaosaudavel.org/Artigo-pele-saudavel.html>. Acesso em: 27/10/2016.
  7. DE MEDEIROS RIBEIRO, B. Acne da mulher adulta: revisão para o uso na prática clínica diária. Surg Cosmet Dermatol., v.7, n.3, p.S10-9, 2015.
  8. MISERY, L. et al. Consequences of acne on stress, fatigue, sleep disorders and sexual activity: a population-based study. Acta Derm Venereol. v. 95, p. 485-488, 2015.
  9. SOCIEDADE Brasileira de endocrinologia e metabologia. 10 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Atividade Física. Disponível em< http://www.endocrino.org.br/10-topicos-que-voce-precisa-saber-sobre-atividade-fisica/> Acesso em: 27/10/2016.
  10. WHITEHEAD, E. An Exerciser's Guide to Skin Care - Can Workouts Cause Breakouts? Disponível em: <http://www.sparkpeople.com/resource/fitness_articles.asp?id=1671>. Acesso em 27/10/2016.
  11. AMERICAN Academy of Dermatology. Acne: tips for managing. Disponível em: <https://www.aad.org/public/diseases/acne-and-rosacea/acne#tips> Acesso em 27/10/2016.
  12. MAYO Clinic Staff. Diseases and Conditions – Acne. Disponível em: <http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/acne/basics/definition/con-20020580?p=1> Acesso em: 27/10/2016.
  13. DRINKAWARE UK. How alcohol affects your appearance. Disponível em: <https://www.drinkaware.co.uk/alcohol-facts/health-effects-of-alcohol/appearance/how-alcohol-affects-your-appearance/ > Acesso em: 27/10/2016.
  14. MCCARTY, M. High-chromium yeast for acne? Medical Hypothesis. v. 14, n. 3, p. 307-310, 1984.
  15. KIM, DAE-OK. et al. Vitamin C Equivalent Antioxidant Capacity (VCEAC) of Phenolic Phytochemicals. J. Agric. Food Chem., v.50, n.13, p. 3713–3717, 2002.
  16. GOODMAN, G. Acne. Natural history, facts and myths. Aus Fam Physician. v. 35, p.613-616, 2006.
  17. MCAVOY, E. How to keep skin blemish free. Disponível em: <http://www.netdoctor.co.uk/healthyliving/spots.html> Acesso em: 27/10/2016.
  18. BARRIE, L. 5 Healing Effects of Lavender. Disponível em: <http://www.health.com/health/gallery/0,,20587573_4,00.html> Acesso em: 27/10/2016.
  19. PONTES, T.C. et al. Incidência de acne vulgar em adultos jovens usuários de suplementos proteico-calóricos na cidade de João Pessoa – PB. An Bras Dermatol. v.88, n.6, p.909-14, 2013.
  20. CAPITANIO, B.; SINAGRA, J.L.; PICARDO, M. Acne and smoking. Dermatoendocrinol. v.1, n.3, p. 129-35, 2009.
  21. THIELITZ, A. et al. A randomized investigator-blind parallel-group study to assess efficacy and safety of azelaic acid 15% gel vs. adapalene 0.1% gel in the treatment and maintenance treatment of female adult acne. J Eur Acad Dermatol Venereol. v.29, p.789–796, 2015.
  22. ZINA, G.; COLONNA, S. The long-term treatment of acne with azelaic acid cream. J Dermatol Treat. v.1, p.21-26, 2013.